sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Os Pais



Pais, meros progenitores,
Assim friamente descrito pela ciência;
Afinal geneticamente não é mentira,
Mais ouso a ir mais a frente.

Pais são apenas um homem e uma mulher.
Descrito de uma pessoa para outra,
Afinal biologicamente esta certo;
Mais afundo eu quero ir.

Pais são como pássaros, defendo o ninho.
Comparação singela de um poeta,
Afinal comparação essa parar dar emoção;
Entretanto não sou poeta.

Pais são exemplos.
Pais são amor.
Pais são espelhos.
Refletidos com amor em seus filhos.

Pais quando partem,
Deixam uma saudade;
Ciência, pessoa e nem poeta ousam explicar.
No final pais são inexplicáveis.
Termino dizendo: Amo vocês meus pais!




                (Gustavo Casellas)

Um comentário:

  1. é acho q ficou bom afinal né hahahha(gustavo casellas)

    ResponderExcluir

Leu? Gostou? Dê sua opinião, ela é extremamente importante pra mim.


(Obs.: se quiserem usar algum texto meu é só colocar o crédito com o endereço do blog :) )