quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

"Andei olhando essas minhas linhas em que não me escondo e pude acompanhar claramente, assim como todos vocês, os acontecimentos e olha que sem distanciamento. Como estou contente de ter podido ser tão fiel ao que sinto. Medo sempre existe, mas as descobertas são tão mais prazerosas e o encantamento se perfaz. Perguntas nos assolam e respostas nunca acontecem. O jogo contínuo do amor. Esse solver o outro e delatar você. Esse passatempo a que nos propomos, apostando numa loteria sem fundos, lados, frente. Em cima, embaixo... esse deleite de inseguranças. Quem de nós é tão seguro enquanto propõe se jogar num precipício, mesmo quando não resta outra saída e o fogo queima suas costas? Como acordei com vontade de voar. Quanto dimensionei o que vivi e me entreguei. Tão pouco recebi. Não queria nem as minhas nem as suas lágrimas, mas nesse caso, são inteiramente necessárias. Como dói quando percebemos isso, não? É mesmo sempre um ciclo que se inicia e termina no mesmo lugar, passando pelas imagens e lugares mais distintos. Todo trem faz o mesmo itinerário e nunca os lugares são iguais. Então vale mesmo a pena viajar. As favas com o que pressinto. Ao inferno o que não me deixa revelar. E lá vou eu..."

texto "O dia é um duvidoso labirinto" de Lúcia Veríssimo                                          (www.luciaverissimo.blog.br)

15 comentários:

  1. É verdade, ninguém o é. Quem me dera que a minha vida mudasse, se fosse para melhor. Não precisava de muito.
    Muito obrigada pelas palavras, são sempre bem-vindas.
    Um beijinho :)

    ResponderExcluir
  2. Venho mais uma vez prestigiar o teu maravilhoso espaço e deixar minhas singelas palavras de admirador e fã, esteja a vontade a visitar-me, pois amigos serão sempre bem vindos a deixar seu carinho em meu espaço, bom sempre que posso estarei passando neste teu lugar especial....

    grande abraço de bruno

    ResponderExcluir
  3. todo o lugar é semore uma novivade, até porque nós estamos em constante mudança, e nunca os pensamentos serão os mesmo, nem o olhar, nem o senso critico.

    ResponderExcluir
  4. Texto perfeito! Realmente, nossa vida é feita de mudanças... A todo momento.

    http://luxurymuch.blogspot.com/
    tem post novo, corre lá! xoxo :*

    ResponderExcluir
  5. Que texto lindo, a vida da gente está sempre oscilando em mudanças, ora boas outras ruins.
    Obrigada pela visita, gostaria que voltasse.
    Beijos !

    ResponderExcluir
  6. A vida é como costumam dizer , com seus altos e baixos e o que nos resta a fazer é seguir em frente e tentar não cair. Continue...e força.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  7. A vida é uma completa intensidade, sempre.

    Obrigada pela palavras que deixasse no meu blog, querida. Já estou seguindo aqui também.

    Beijos mil!
    Fiques com DEUS.

    ResponderExcluir
  8. Lindo texto. Simplesmente maravilhoso.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Adorei.. Seguindo vc aqui, segue de volta??
    http://belezaeatragedia.blogspot.com/
    ...bjos, Até Mais!!

    ResponderExcluir
  10. Seguido leio o teu blog, interessantes teus posts.
    Te escrevo para divulgarmos nosso blog, ainda está em processo de expansão. Se quiser nos acompanhar e dar umas risadas: www.o-cercadinho.blogspot.com
    Será um prazer te ter nos visitando lá. O que é O Cercadinho? Segue uma apresentação para te situares. Em cada relacionamento afetivo, os envolvidos ficam restritos a um espaço, O Cercadinho, onde acontecem as interações. Em algumas fases, está cheio de "queridas", mas em outros, quase vazio. O Cercadinho é o resultado das conquistas amorosas, onde cada um preenche à sua maneira e gosto. Pode ter o critério de cotas e uma de cada: loira, morena, mulata, ruiva e/ou japa. Com faixas etárias e tipos variados. Até monogâmico com apenas uma mulher selecionada.
    Neste blog, somos cinco homens escrevendo relatos e histórias, sem pretensão literária sobre O Cercadinho. Heitor faz o estilo confuso e rebuscado. Apaixonante e cafajeste, este é Wanderlei. Já Cebola faz o estilo 100% sincero e sem rodeios. Seco, objetivo e um pouco bagual com sentimentos, assim é Iberê. E Marcão, bom, esse é trash total. Entre no nosso Cercadinho e boa leitura.
    Iberê

    ResponderExcluir
  11. A vida é uma constante mudança. Acabamos nos acostumando com as mudanças. Amei o texto.

    ResponderExcluir
  12. Lúcia Veríssimo, não conhecia, mas acabo de me apaixonar! :D

    Beijinho, flor! :*
    penso--logo-escrevo.blogspot.com

    ResponderExcluir

Leu? Gostou? Dê sua opinião, ela é extremamente importante pra mim.


(Obs.: se quiserem usar algum texto meu é só colocar o crédito com o endereço do blog :) )